Karla

karla nomade

Nomade

O que fazer em sete horas em Viena?

É possível conhecer a cidade em menos de um dia?

É claro que Viena implora e merece uma visita longa! Foi a capital de um império imponente, possui dezenas de locais históricos, importantes museus, uma belíssima arquitetura, mas as vezes muitas situações podem nos levar a ter apenas algumas horas para estar na cidade. 

No meu caso, estava viajando com meu marido de Berlim para Yerevan na Armênia e a nossa conexão era em Viena. A princípio apenas uma hora e meia. 

Ao chegar na sala de embarque no aeroporto de Viena, o pessoal anunciou que o vôo estava lotado e perguntaram se alguns dos passageiros estariam dispostos a se voluntariar a ficar na cidade por mais um dia e viajar no dia seguinte no final da tarde para Varsóvia e então de lá para Yerevan. 

Tinha mais de dez anos que não visitávamos Viena e na verdade durante o vôo comentamos o quanto gostaríamos de voltar a Viena. 

Então o anúncio do pessoal da Austrian Airlines soou como um presente do universo. Nós nos olhamos e decidimos nos voluntariar e ficar na cidade. 

Porque eu posso afirmar com toda certeza, não importa quanto tempo você tenha para gastar em Viena. Você jamais  ficará desapontado.

Quer esteja a passear sem rumo ao longo do Canal do Danúbio, a obter a sua dose cultural no Museums Quartier ou a tomar café num café na calçada, vai curtir muito. 

Como ir do aeroporto até o centro?

Existe o expresso aeroporto que em Viena se chama Cat (Catch the City). É muito conveniente quando está com bagagem, porque é um trem espaçoso e projetado para transportar pessoas com bagagem, claro!

A viagem dura apenas 16 minutos e custa 12 euros por trajeto e 21 ida e volta. 

A alternativa mais barata é pegar um trem comum, o S7 que dura 37 minutos e custa 8 euros.

Nós fomos e voltamos de Cat, pois o nosso tempo era curto. 

Começamos nosso passeio pela Stephansdom – a catedral,
que fica na Stephansplatz, em pleno coração da cidade.

 

Stephansdom

A Stephansdom (catedral de São Estavão) é um símbolos da cidade. Esta obra-prima do estilo gótico foi erguida sobre uma igreja do século 12, da qual ainda resta parte da estrutura, em estilo românico. O edifício da forma como se vê hoje começou a ser levantado no século 14.

De cima de sua estreita torre principal, a Südturm, de 137 metros, se tem uma vista esplêndida. 

O telhado policromático  com um conjunto de linhas verticais é deslumbrante.

A melhor opção para ver muitas coisas em pouco tempo e pegar o Bonde do Anel – o Ring Tram. Custa € 8 e  circunda o centro da cidade, onde em tempos antigos ficava o muro.  

Ao longo desse circulo, os aristocratas construíram impressionantes moradias  em uma mistura intrigante de estilos arquitetônicos.

Hoje, o anel viário é uma parte essencial do Patrimônio Mundial da UNESCO de Viena.

Com isso você pode ver além dessas magníficas construções, alguns dos pontos turísticos mais famosos da cidade, como a Ópera Estatal, o Palácio de Hofburg, Burgtheater, os edifícios do parlamento e a prefeitura.

O Ring Tram também é um Patrimônio Mundial Austríaco e uma das mais belas avenidas do mundo, garantindo belas fotos.

Então combine caminhadas com o tram!

Hofburg

Um dos locais que precisa ser visitado é sem dúvida o Hofburg Palace.

O Palácio Hofburg foi durante mais de 500 anos o lugar de residência dos Habsburgo. Trata-se de um enorme conjunto arquitetônico que abriga uma ampla zona, desde os antigos aposentos imperiais, passando por vários museus, uma capela e uma igreja, a Biblioteca Nacional Austríaca, a Escola de Inverno de Equitação, até o escritório do Presidente da Áustria.
Se você quiser entrar e conhecer melhor, reserve cerca de 1-2 horas.

Maria-Theresien-Platz

Maria-Theresien-Platz é uma enorme praça que une a Ringstrasse com o Museumsquartier. 

Lugar muito interessante.

De frente um para o outro, dos lados da praça, há dois prédios quase idênticos, o Naturhistorisches Museum (Museu de História Natural) e o Kunsthistorisches Museum (Museu de História da Arte).  

Ópera Estatal de Viena

Quando se pensa em Viena, se pensa em música, claro! Principalmente com referências de austríacos famosos como Mozart e Schubert, entre outros.

E um dos locais símbolo da música da cidade é a Ópera de Viena, um belíssimo edifício neo-renascentista inaugurada em 1869.

São oferecidos também passeios guiados para conhecer o interior da Ópera. A visita custa  € 7,50 (adultos) e € 3,50 (crianças e estudantes). 

Rio Danúbio (Donau)

Escolha uma das paradas do Tram para caminhar as margens do Rio Danúbio. 

Passeie pelas lindas ruas e avenidas

Visitar os pontos turísticos é maravilhoso, mas não se esqueça de se deixar levar pela beleza arquitetônica da cidade. É uma das melhores formas de aproveitar o dia sem se preocupar em estar perdendo algo. A cidade merece ser apreciada. Ela é muito bela.

Palácio Belvedere

Um pouquinho fora do centro, mas de fácil acesso com o Tram, você não pode deixar de conhecer o Belvedere, um complexo composto por dois belos palácios – Belvedere Superior e Belvedere Inferior.

O local foi construído para ser a residência de verão do príncipe Eugene de Savoy e é tido como um dos mais belos palácios barrocos do mundo.

Que tal umas comprinhas?

Todo mundo que vem a Viena precisa pelo menos dar uma passadinha na famosa Mariahilferstraße. A rua de compras e uma das maiores ruas de Viena.

Cheia de lojas de todas as coisas, marcas famosas, populares, caras, cafés, fast food, a rua é uma festa. 

 

Não se esqueça de também dar uma olhada nas ruas laterais à esquerda e à direita. Há algumas lojas muito legais escondidas lá.

As melhores dicas são Neubaugasse, Zollergasse, Kirchengasse, Otto-Bauer-Gasse.

O que comer em Viena?

Se ainda estiver pela Mariahilfer Strasse e quiser conhecer um dos mais tradicionais Cafes de Viena, vá ao Cafe Retter.  A cafeteria no passado recebia, artistas austríacos famosos e figuras literárias.

Seja onde você estiver, por favor não vá a fast food em Viena, mesmo com o tempo corrido. A gastronomia da cidade é excelente, e vale sempre conhecer um pouco da culinária típica. 

Então a minha sugestão é comer o prato mais típico de Viena. Wiener Schnitzel: escalope de carne empanada, normalmente acompanhado de uma salada de batatas. 

Um Ice Café e Spritz também sempre é uma boa opção. Principalmente em dias quentes. 

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + dez =

Recent posts

COMO VIAJAR DE FORMA SUSTENTÁVEL

Hi there! Join the nomadic soul tribe!

Subscribe to my newsletter and get exclusive sustainable travel tips!