Karla

karla nomade

Nomade

caminhar na praia

7 razões para caminhar na praia

Vamos caminhar na praia! Não importa se o tempo está bom ou não. Esse exercício pode ser feito em qualquer estação. Aliás, os obstáculos naturais dos diferentes climas podem ajudar na queima de calorias.

Sabemos que a atividade física é um dos principais aliados para uma vida saudável. E quando podemos praticá-la ao ar livre, melhor ainda, pois o contato com a natureza ajuda entre outras coisas, nosso equilíbrio emocional. Por isso caminhar na praia é maravilhoso, pois ao mesmo tempo que mantemos a forma, aproveitamos a paisagem e ainda limpamos a mente com o vai e vem das ondas.

Além do mais, caminhar na areia queima mais calorias do que caminhar na calçada. Uma caminhada leve queima, em média, 200 calorias por hora. Já uma caminhada na areia você consegue perder cerca de 400 calorias no mesmo período tem tempo.  Além disto, este passeio na areia equivale a um super treino de resistência, fortalece os músculos e articulações. Também esse tipo de treino gera menos impacto nas articulações do tornozelo, do joelho, do quadril e da coluna.

Convenceu? Vou listar mais razões para você aderir o exercício.

1. Controla o estresse

O exercício físico, de uma forma geral, aumenta os níveis de hormônios relacionadas ao bem-estar e permite um maior relaxamento da mente. Porém, entrar em contato com a natureza por meio de uma caminhada na praia duplica a probabilidade de bem estar.

2. Queima mais calorias

Os exercícios ao ar livre podem ajudar você a emagrecer mais rápido, pois os obstáculos naturais aumentam seu esforço, sem o seu controle. Claro que se aliado a uma dieta, ou pelo menos o corte de algumas calorias diárias.

Caminhar na areia fofa proporciona uma queima calórica que pode chegar a 100% a mais do que em pisos duros, como nas calçadas ou esteiras. O motivo para isso é que ao pisar no chão macio, o pé afunda-se e obriga os músculos inferiores a realizarem um maior esforço para se movimentarem.

Assim, você eleva o gasto calórico, componente indispensável para perder os quilinhos extras. Não bastasse essa vantagem, os músculos das panturrilhas, das coxas e dos glúteos também saem fortalecidos.

3. Massageia os pés

A areia trabalha a sola do pé, massageando-a, naturalmente.  Eles aumentam a pressão sobre os terminais nervosos da planta dos pés se refletindo por todo organismo. Ou seja, praticamos a reflexologia, e reequilibramos as energias que circulam pelo corpo, reduzindo as tensões, provocando relaxamento, melhorando a circulação sanguínea e dissolvendo cristais de cálcio e ácido úrico depositados nas articulações dos pés.

4. Fonte de vitamina D

 

A vitamina D é fundamental para melhorar a absorção de cálcio e fortalecer os ossos. No entanto, 90% desta vitamina é adquirida pelo organismo através da exposição ao sol e apenas 10% são absorvidos por meio da alimentação. Portanto, uma caminhada de 30 minutos no início da manhã, ou no final da tarde, quando o sol está mais ameno,  pode fazer muito bem para o nosso corpo. A exposição solar deve ser evitada nos horários mais quentes, entre as 10h e as 16h. 

Durante esse curto período de 30 minutos e nos horários indicados, os médicos recomendam não usar protetor solar para que a produção de nutrientes não seja impedida pela loção. Porém, pessoas de pele muito clara devem aplicar sempre proteção e reduzir o tempo e a frequência de exposição ao sol. O bom senso sempre deve ser aplicado. 

 

5. Melhora a coordenação motora

Como a superfície da areia é irregular, o corpo vai ser forçado a fazer constantes adaptações para se manter na posição correta. Isso gera mais equilíbrio, força, velocidade e flexibilidade, o que proporciona uma maior coordenação motora.

Você pode também optar a ir ao invés de com os pés descalços com um tênis s apropriado para caminhar na areia e se ainda precisar um bastão de caminhada. Porém, preste atenção na escolha dos ténis e evite os de sola pesada. Os flexíveis facilitam o contacto com a areia e aumentam o equilíbrio. 

6. Ganho de massa muscular

A areia, especialmente a fofa, aumenta o esforço da atividade aeróbica, exigindo maior trabalho dos músculos, o que favorece o ganho de massa muscular nas coxas, pernas e glúteos. No terreno fofo, os pés fazem exercícios de propiocepção provocados pelas passadas e pisadas diferentes. O dispêndio de maior esforço também melhora a condição cardiopulmonar.

O ideal é alternar entre a areia fofa e dura, para estimular de diferentes formas os músculos. 

7. Caminhar na praia não tem limite de idade

O impacto na areia é bem menor do que em terreno duro, por isso, desde que a pessoa esteja em dia com a saúde e caso tenha alguma doença, tenha consultado o médico a respeito da caminhada na praia, a atividade só traz benefícios.

Mesmo idosos podem se beneficiar desta atividade, pois, ela melhora a circulação sanguínea e consequentemente diminui os riscos de problemas no coração. Fortalece os ossos e articulações, auxiliando na disposição do dia a dia. 

 

Cuidados para praticar caminhada na praia

Apesar dos benefícios à saúde, a caminhada na areia apresenta riscos. Confira os cuidados para você aderir à prática sem prejudicar seu corpo.

Procure orientação médica. Pessoas sedentárias não devem treinar na praia de qualquer jeito. Como o solo possui inclinações, o esforço excessivo pode afetar a região lombar e as articulações dos membros inferiores.

Obedeça seu limite. Se você já pratica atividade física com regularidade, mas não tem costume de caminhar na areia, vá com calma. Comece com 15 ou 20 minutos por dia e aumente o tempo progressivamente. Seu fôlego determinará quando é hora de parar.

Olhe onde pisa! Considerando que os usuários da praia nem sempre são cuidadosos com o que deixam na areia, se estiver descalço, observe onde pisa! Infelizmente, nas praias encontramos cacos de garrafa, latas, linhas de pesca e outros resíduos que são perigosos para os pés descalços.

Hidrate-se. A reposição de líquidos é fundamental durante e após qualquer exercício. Imagine quando tem sol direto na sua cabeça! Portanto, faça intervalos regulares para beber água.

Alongue-se. Depois da caminhada na praia, tire uns minutos para esticar o corpo. A atenção especial vai para as panturrilhas – justamente a área que mais trabalha ao longo do treino.

 

Leia aqui mais dicas sobre bem estar e vida em harmonia

Você poderá também gostar das postagens

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 14 =

Recent posts

COMO VIAJAR DE FORMA SUSTENTÁVEL

Hi there! Join the nomadic soul tribe!

Subscribe to my newsletter and get exclusive sustainable travel tips!