Karla

karla nomade

Nomade

Cervejas alemãs: Radeberger

Uma das cervejas alemãs mais apreciadas pelos cervejeiros mundo afora é a Radeberger Pilsner. Foi ela que em uma época em que o método de fabricação Pilsner ainda era praticamente desconhecido, começou na Alemanha sua fabricação. Conta a história, que seus fundadores se encontraram em uma taberna de vinho em janeiro de 1872.

Hoje o grupo Radeberger é o maior grupo cervejeiro da Alemanha, com um volume de produção anual aproximado de 13 milhões de hectolitros. Portanto,  responsável por aproximadamente 15% da produção alemã de cerveja.

 

O surgimento da cerveja Pilsen

Embora as cervejas alemãs sejam mais famosas, a cerveja Pilsen não surgiu na Alemanha, mas em uma pequena cidade da Boêmia, atualmente República Tcheca, chamada de Plzeñ (em alemão, Pilsen), que, assim como diversas outras cidades da região, produzia cerveja desde o século XIV. Porém a cerveja da região apresentava baixa qualidade e curta vida útil. Ou seja, mais de 36 mil barris de cerveja estavam sendo jogados fora.

Assim sendo, Josef Groll, um cervejeiro renomado, que foi contratado pela cidade de Plzeñ para solucionar o problema.

Isso porque, ele já dominava técnicas de maltagem e fermentação a frio. Com esse conhecimento prévio, ele acrescentou uma espécie de lúpulo local, chamado de Saaz, com a água da região e produziu um novo tipo de cerveja: refrescante, dourada e carbonatada.

A essa cerveja foi dado o nome de Pilsner, ou Pilsen, e ainda hoje ela é produzida pela Pilsner Urquell, que significa: cerveja original de Pilsen.

Desde então, a cerveja Pilsen é um grande sucesso e certamente a maior parte da cerveja consumida no mundo.

Pilsner não tem que vir de Pilsen

Embora a forma de fabricar o Pilsner Brauart fosse um modelo a seguir, ele ainda estava bem no começo, ou seja, ainda oferecia potencial de otimização. Portanto, os fundadores da cerveja alemã Radeberger Pilsner não queriam simplesmente copiar a pilsner original da Boêmia. Eles queriam aperfeiçoá-la. E assim eles se fixaram no objetivo de fabricar a melhor Pilsen de seu tempo.  Eles tiveram testes regulares realizados por laboratórios renomados e melhoraram seus próprios processos. Isto continuou até que a qualidade do pilsner tcheco não só foi alcançada, mas provou ser ainda melhor.

A boa reputação da Radeberger Pilsner espalhou-se rapidamente por toda a Alemanha. A cerveja pálida e tensa atingiu o paladar da época com seu sabor fresco e começou um caminho triunfante. 

Debate judicial pelo nome Pilsner

Em Pilsen, as pessoas sentiram que seus direitos a um nome haviam sido violados – provavelmente também um pouco em seu orgulho. Porque se acreditava que um bom Pilsner deve vir de Pilsen. E somente a cerveja de lá poderia levar o nome Pilsner no rótulo. Por volta de 1910, vários processos foram movidos contra o Radeberger Brauerei para proibi-lo de usar o nome Radeberger Pilsner.

Em 1913, o Tribunal Imperial decidiu que a adição “Radeberger” esclareceu sem dúvida de onde vinha o Pilsner. Assim, surgiu que o “Pilsner” tornou-se o epítome de uma variedade de cerveja na Alemanha e não representa sua origem.

Radeberger Pilsner uma das cervejas alemãs a conquistar o mundo

No final do século XIX, a cerveja alemã Radeberger Pilsner conquistou primeiro Nova York e depois o mundo inteiro. Uma circunstância que levou até mesmo à renomeação da cervejaria “Radeberger Exportbierbrauerei” em 1885.

radeberger pilsner

Informações sobre a cerveja Radeberger Pilsner

Categoria Cerveja: Cerveja com uma gravidade original entre 11 – 14%

Estilo: Pilsner alemã

Porcentagem de carbonatação: 0,53%

Cervejaria: Radeberger Brewery

País:  Alemanha

Visual: Dourado claro transparente com boa formação de espuma cremosa.

Olfativo: Lupulado e fresco com notas erbais

Paladar: Facil de beber, notas marcantes de lúpulo com leve amargor e final seco.

aprenda a harmonizar cervejas

Receba grátis seu E-book e desenvolva essa

habilidade

    Característica da cerveja Pilsen

    Na sua produção são utilizados apenas 4 ingredientes: água, lúpulo, levedura e malte de cevada, possuindo assim 25 a 45 unidades de amargor.

    Dentre as suas características podemos ressaltar que ela possui sabor seco, e o amargor considerado baixo ou médio. Como é uma cerveja que o lúpulo não é marcante, este é suave.

     *A cerveja Radeberger Pilsner é rica em sabor. Cheia de caráter e encorpada. 

    O equilíbrio pode mudar de levemente maltosa até levemente amarga, porém é muito próxima do centro.

    A sensação na boca ao beber a cerveja Pilsen é de uma leve cremosidade e com carbonatação moderada.

    O ideal é consumir essa bebida ainda jovem e entre 4 a 7 graus, pois quando a cerveja é muito gelada fica difícil apreciar as propriedades da mesma. 

    Além disso, a cerveja Pilsner faz uma boa harmonização com frutos do mar, saladas, currywurst, embutidos condimentados e quiches.

    Procure evitar beber essa cerveja com alimentos mais forte ou muito temperados, já que eles quebram o sabor da Pilsen.

     

     

     

    Leia aqui sobre a cerveja Berliner Weiße

    Posts relacionados

    Share:

    Share on facebook
    Facebook
    Share on twitter
    Twitter
    Share on pinterest
    Pinterest
    Share on linkedin
    LinkedIn

    Uma resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    dois × 1 =

    Recent posts

    COMO VIAJAR DE FORMA SUSTENTÁVEL

    Hi there! Join the nomadic soul tribe!

    Subscribe to my newsletter and get exclusive sustainable travel tips!